Skip to content.
 
     
 HOME   
 
 
Eventos
Do
      1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30    
Contactos

Av. D. Dinis, nº 17
Apartado 257
2431-903 Marinha Grande

Tel:(+351) 244 575 150
Fax:(+351) 244 575 159
 

‘Automotive Meetings Queretaro’: Evento no México com saldo “muito positivo” para empresas nacionais

Foram dois dias intensos, mas auspiciosos nos contactos realizados. Entre 20 e 22 de fevereiro, a CEFAMOL esteve representada no evento ‘Automotive Meetings Queretaro’, realizado no México, fazendo-se acompanhar e apoiando algumas empresas de moldes nacionais.

Patrício Tavares, técnico responsável pela execução do projeto de internacionalização da CEFAMOL faz um balanço “muito positivo” da deslocação ao evento, que se realiza de dois em dois anos.

“Quer pela dimensão da feira, que agrupa uma grande quantidade de potenciais clientes para o setor, quer pela qualidade e abertura desses clientes em reunir com os representantes portugueses, a participação saldou-se pela positiva”, afirma.

As empresas Geco, Moldit, MoldWorld, Planimolde, PMM e TJ Moldes, tiveram, no certame, um programa recheado de encontros e reuniões com alguns dos maiores representantes mexicanos da indústria automóvel. Esse tipo de encontros é, precisamente, o objetivo da feira, centrada na realização de reuniões, conferências e workshops, permitindo juntar à mesma mesa empresas de vários pontos do mundo com algumas das produtoras de automóveis representadas no México e seus fornecedores de primeira linha.

O ‘Automotive Meetings Queretaro’ é um dos principais eventos, direcionado à indústria automóvel, que se realiza naquele país. As primeiras edições, em 2013 e 2015, contaram com a presença de diversos fabricantes mundiais de veículos automóveis, desde ligeiros a pesados.

Para além do acompanhamento às empresas no evento, a CEFAMOL teve oportunidade de observar e analisar as oportunidades que o mercado mexicano pode oferecer às empresas de moldes nacionais. Há dois anos, na anterior participação, a associação classificou o mercado como tendo “boas perspetivas”. Agora, defende Patrício Tavares, haverá condições para criar as bases para uma relação industrial mais forte com o México. “Aliás, neste momento, a presença no país é até estratégica para algumas empresas nacionais”, adianta.

 

Mercado mexicano otimista

Trata-se de um mercado que tem ganho dimensão nos últimos anos. Em 2016, integrava mesmo a lista dos dez principais mercados da indústria de moldes portuguesa, na sexta posição, representando 4% das suas exportações.

Patrício Tavares explica que havia alguma expectativa, à partida, por parte das empresas, sobretudo após o anúncio da possibilidade de colocação de algumas restrições ao México, por parte dos Estados Unidos. “Foi, naturalmente, uma questão abordada em praticamente todos os encontros”, conta. Mas, após reuniões, quer com empresas, quer com entidades governamentais mexicanas, a comitiva nacional ficou mais tranquila. “Não há grande preocupação dos agentes locais. Pelo contrário, nota-se um grande otimismo no mercado que deixou mais confiantes as empresas nacionais”, afirma.

 

Revista "O Molde"
Nº115 - outubro 2017

Destaques

MOLDPLAS, de 8 a 11 de novembro, no Centro de Exposições da Batalha

Entrevista a Joaquim Menezes, Presidente da ISTMA Europe

O Sector fala de... Polimento

Oportunidades no Golfo: Arábia Saudita, Emirados Árabes Unidos e Qatar
Market Report
Nº17 - abril 2017

Destaques

Pré-Internacionalização

Negócio Arriscado

Hungria: um Mercado no Centro da Europa
Projectos
 
Ferramentas Pessoais